O primeiro livro de colorir para crianças

Josevânia Fonseca  |  at  16:39  |   | 


Sabia que foram os irmãos McLoughlin que criaram, por volta de 1880, o primeiro livro de colorir para crianças? Chamava-se, e muito apropriadamente, “O Livro de Pintar para a Pequenada” e nessa época, foi um sucesso estrondoso! A partir de então a atividade de colorir foi desenvolvendo e adaptando-se aos sinais do tempo e viveu a sua “era dourada” na década de 60 do século passado. 


Hoje, não há criança que não tenha um ou dezenas de livros de colorir! Ora para entreter os pequenos numa tarde chuvosa de domingo, ora como uma das atividades a incluir na próxima festa de aniversário do seu filho, as crianças simplesmente não conseguem resistir aos desenhos de colorir. É uma empreitada pessoal que os pequenos abraçam com grande alegria e responsabilidade, entretendo-se horas a fio porque ninguém lhes está a dizer que devem fazer “assim ou assado”. 

O que quer dizer que podem colorir fora das linhas, pintar o sol de roxo ou as árvores de azul se lhes der na telha! Afinal de contas, o desenho é deles e, uma vez pronta, todos vão adorar a sua “obra-prima”, que vai ficar logo em exposição no frigorífico ou no escritório do pai! Para além de ser uma atividade divertida e lúdica, é extremamente pedagógica! Ora vejamos, o simples ato de colorir vai permitir o desenvolvimento da coordenação motora, a expressão pessoal, trabalha os níveis de concentração, pode ser altamente terapêutico e é excelente para a aprendizagem de cores, formas e objetos. Agora, reúna os marcadores, as tintas, os lápis de cor e de cera, imprima os desenhos que os seus pequenos artistas mais gostam e mãos à obra! Quem sabe você não tenha em casa o próximo Picasso ou Andy Warhol?

Veja também

© 2013 Pintura em Tecido. WP Mythemeshop Converted by BloggerTheme9
Blogger Template. Powered by Blogger.